Como criar buyer personas: um guia prático para a sua estratégia de marketing de conteúdo

Como criar buyer personas: um guia prático para a sua estratégia de marketing de conteúdo

Criar buyer personas está entre as estratégias que podem alavancar os resultados das suas ações com marketing digital. Essa é uma tendência entre as empresas que apostam na comunicação através da internet e precisam ser eficientes em entregar exatamente o que é esperado pelo público.

Muitos empreendedores confundem as buyer personas com público-alvo, mas a verdade é que as personas permitem que você obtenha resultados muito mais positivos. Quanto mais detalhes você possui sobre o público com quem está dialogando, mais eficiente é a sua comunicação.

Imagine o nível de detalhes que um conteúdo pode entregar quando sabe exatamente quem é a pessoa que está consumindo aquelas informações. Você conhece a faixa etária, renda, gostos, necessidades, desafios, motivações, entre diversas outras informações. É uma profundidade maior do que simplesmente saber que o público possui interesse em comprar o seu produto, não é?

Veremos neste artigo um guia prático para que você consiga criar buyer personas e otimize a sua estratégia de marketing de conteúdo. Confira!

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Afinal, o que são buyer personas?

Buyer pesonas são representações fictícias do seu cliente ideal. Elas são criadas com base em dados coletados sobre as principais características dos seus clientes: características demográficas, comportamento, preocupações, desafios, histórias pessoais, objetivos, desafios, entre outras informações.

Com base nessas informações, é possível compreender melhor quem é o seu cliente e o que ele espera do seu negócio. Isso é muito importante tanto para desenvolver produtos ou serviços que atendem a essas necessidades quanto para aperfeiçoar os conteúdos criados em uma estratégia de content marketing – que pode ser responsável por aumentar o faturamento da sua empresa.

Qual a diferença entre personas e público alvo?

Quando você trabalha somente com o público-alvo, consegue identificar apenas dados superficiais e ligados ao consumo do seu produto ou serviço. São as buyer personas que possibilitam que você crie conteúdos que tocam nas dores do público e ajudam a solucionar um problema. Esse é o caminho para o sucesso de uma estratégia de marketing de conteúdo.

O público-alvo utiliza uma definição ampla, não fala sobre comportamento ou hábitos, não se refere a alguém específico e está focado na venda do produto ou serviço. Enquanto isso, as buyers personas trabalham com uma definição específica, buscam detalhes sobre hábitos e costumes, referem-se a um consumidor ideal.

Para que isso fique mais claro, confira um exemplo prático:

  • Público-alvo: Homens e mulheres com idade entre 25 e 35 anos. Trabalham em grandes empresas, possuem uma renda mensal entre R$4 mil e R$6 mil.
  • Buyer persona: Thiago possui 30 anos e é formado em engenharia ambiental. Apesar de possuir um bom emprego em uma grande empresa e receber cerca de R$5 mil por mês, ele possui o desejo de abrir um escritório próprio. É casado e possui um filho. Costuma passar bastante tempo navegando na internet, fazer programas em família e gosta de estar por dentro das novidades do mundo corporativo. A sua principal dificuldade é planejar o seu negócio, pois não possui experiência com administração, além de ter medo de largar o seu emprego e comprometer a renda fixa.

Como a criação de personas ajuda na sua estratégia?

Acabamos de entender por que as buyer personas são mais completas do que o público-alvo, certo? Mas o que isso significa dentro de uma estratégia de marketing de conteúdo?

É preciso considerar que toda a estratégia é voltada ao relacionamento com o público. Você deve mostrar o valor da sua empresa e gerar informações ricas de conteúdo – que sejam consideradas de valor pelo público. É isso que atrai novos clientes, contribui para construir autoridade no mercado e resulta no aumento das vendas.

Como seria possível ser assertivo na entrega desses conteúdos se você não entende os seus clientes? As personas permitem que você amplie a visão sobre o público. Com elas, você consegue:

  • Determinar os melhores assuntos a serem abordados;
  • Encontrar o tom ideal para dialogar com o público;
  • Definir os melhores canais de comunicação que são acessados pelos seus clientes;
  • Desenhar uma estratégia de marketing que atenda às necessidades do público;
  • Entender como o público lida com as suas dificuldades e como busca resolvê-las.

Como criar uma buyer persona?

Você deseja criar buyer personas para aplicar na sua estratégia agora mesmo? Para ajudá-lo, criamos um passo a passo com todas as etapas do processo. Confira:

1. Colete informações sobre os seus clientes

O primeiro passo para a criação de buyer personas é coletar o máximo de informações sobre os seus clientes – afinal, você precisa descobrir todas as suas características. Uma ótima forma de colocar isso em prática é através de entrevistas com clientes e prospectos. Confira algumas das perguntas que você deve conseguir responder:

  • Quais são as características físicas e psicológicas do cliente?
  • Quais são a sua formação, área de atuação e renda mensal?
  • Quais são os assuntos que mais interessam essa pessoa?
  • Quais são os principais desafios e obstáculos enfrentados?
  • Quem exerce influência sobre as suas decisões?
  • Quais são os meios de comunicação utilizados para obter informações?
  • O que ele espera do seu produto ou serviço?
  • Quais são as atividades pessoais e profissionais que ele costuma desenvolver?

Quanto mais informações você conseguir obter, mais assertiva será a persona criada. Para ajudá-lo na criação de um questionário, você pode consultar 100 ideias de perguntas para fazer neste artigo.

2. Faça uma análise de dados

Depois de coletadas as informações, prossiga para uma análise desses dados. O resultado será uma ficha de persona que contém as seguintes informações:

  • Nome fictício;
  • Idade;
  • Nível de escolaridade;
  • Ramo de atividade e cargo ocupado;
  • Salário médio;
  • Dados sobre sua família e hábitos pessoais;
  • Meios de comunicação utilizados;
  • Desejos e motivações;
  • Medos e dificuldades enfrentados.

3. Foque em poucas personas

Conforme você for analisando as informações coletadas, verá que alguns clientes possuem um perfil muito diferente um do outro. Isso poderia resultar em diversas personas diferentes, mas essa decisão aumentaria a complexidade do desenvolvimento da sua estratégia.

Procure captar a essência dos seus clientes e prospectos, trabalhando as informações para criar poucas personas que possuem características completas.

Utilize as buyer personas para vender mais!

A criação de buyer personas facilita na hora de gerar conteúdos certeiros e oferecer ofertas personalizadas para o cliente. Dessa forma, você será capaz de gerar mais vendas e dar o foco necessário para o sucesso das estratégias de marketing.

E aí, curtiu o nosso conteúdo? Sabia que uma agência especializada em Inbound Marketing poderia ajudar você na missão de criar buyer personas? Confira tudo sobre isso neste artigo!