Como aparecer no Google: 8 erros que você nunca deve cometer!

Como aparecer no Google: 8 erros que você nunca deve cometer!

Você sabe qual é a importância de aprender como aparecer no Google, evitando os 8 erros mais frequentes cometidos na otimização de sites?

Em uma estratégia de Marketing Digital existem poucos erros tão grandes como não otimizar suas páginas para o Google. Com uma audiência significativa, o maior buscador do planeta permite a uma empresa ter maiores possibilidades de ser vista no ambiente online.

É por isso que pensar na otimização do conteúdo em função do desempenho no Google é fundamental, e o SEO é a melhor forma de se fazer isso. Sendo assim, é preciso saber lidar com essas práticas de maneira correta.

Por isso, continue lendo o blog post e conheça agora mesmo como aparecer no Google:

1. Você não está focando em palavras-chave

As palavras-chave são importantes porque é por meio delas que o Google consegue determinar o assunto de sua página, fazendo sua classificação de maneira compatível com as buscas dos usuários.

Outro erro que pode estar contribuindo decisivamente de maneira negativa para sua empresa no Google é não incluir as palavras-chave em locais estratégicos das páginas, como o título, a URL e a meta description.

2. Você está focando muito na mesma palavra-chave

Da mesma forma, é preciso ter cuidado com os exageros.No caso do uso excessivo da palavra-chave, isso pode surtir um efeito contrário ao pretendido.

Existem inúmeras tentativas de burlar os algoritmos do Google, seus critérios têm sido cada vez mais sofisticados para punir ações como a repetição da palavra-chave ao longo do texto para reforçar a sua relevância.

Por isso, evite essa prática. Trabalhe com a palavra-chave, mas também com variações dela e continue lendo mais o post para saber como aparecer no Google.

3. Os títulos de suas páginas e posts não estão otimizados

Indo além do conteúdo, é preciso pensar também no título. Não sabia disso? Então você pode estar errando simplesmente por não dar valor a um elemento tão fundamental.

Nesse caso, é importante que o título seja compatível com o assunto abordado na página e com a palavra-chave. Use esse raciocínio para cada página do seu site, evitando atribuir a várias páginas o mesmo título da principal.

Não pense que o título é menos importante que o conteúdo. Para  saber como aparecer no Google, esse ponto é tão fundamental quanto.

4. Suas URLs não são amigáveis

É preciso que o endereço digitado para acessar o seu site seja o mais simples possível. Ele deve ser um facilitador para os algoritmos do Google identificarem sua página na rede. Por isso, tenha cuidado.

Quando o seu site tem uma URL incompreensível, cheia de letras e números que em nada ajudam a identificá-lo, bem como o conteúdo trabalhado nele, saiba que o Google entende que isso será um problema também para o usuário e fará com que sua página não seja bem ranqueada.

O objetivo do Google é atribuir as melhores posições em sua pesquisa aos sites que oferecem a melhor experiência para o usuário, sendo assim, a dica é: evite a complexidade, mesmo no que diz respeito às URLs.

5. Você se esqueceu do sitemap

Um sitemap reúne todas as páginas do site da empresa em uma lista. Com ele, você garante maior facilidade para o visitante navegar e encontrar o que procura em seu site. Esse caminho também é feito pelo algoritmo do Google, que o usa como critério para o ranqueamento nas pesquisas do buscador.

O mapa do site é o caminho das pedras para que o algoritmo do Google analise seu site e compreenda se aquilo que você oferece tem pertinência para o público de acordo com seus hábitos de busca.

Sem ele, você torna esse entendimento mais complexo e acaba sendo penalizado por isso.

Facilite o trabalho dos algoritmos do Google e garanta maior visibilidade para o seu site na rede.

6. Não há links internos e externos em suas páginas ou posts

O Google entende que o link building é uma prática que garante o enriquecimento da experiência de navegação do usuário, e por isso atribui melhores resultados na indexação das páginas para sites que trabalham com bons links.

Deixar de trabalhar com links, sejam eles internos ou externos, pode representar um dos erros mais triviais para uma empresa.

Por isso, lembre-se sempre de aperfeiçoar seus conteúdos com links qualificados e pertinentes.

7. Seu site está lento

A velocidade de carregamento da página é um critério de ranqueamento para o Google.

Além disso, ter um site responsivo é fundamental para um bom posicionamento nas pesquisas. A própria empresa anunciou que a responsividade seria um dos fatores de maior importância a serem analisados por seus algoritmos.

E isso não é à toa. Hoje, no Brasil, já temos mais pessoas conectadas pelo smartphone do que por computadores. Isso significa que, quando uma página não abre num dispositivo móvel ou quando demora muito para carregar, ela se torna invisível para a maior parte do público conectado.

É preciso garantir que a experiência do visitante ao seu site seja mais agradável, esteja ele dentro de casa ou na rua, utilizando computadores ou dispositivos móveis.

8. Seu conteúdo não gera valor

Fundamentalmente, é o conteúdo que determinará o seu posicionamento no ranking do Google. As práticas de SEO podem aperfeiçoá-lo para que se torne mais amigável para o visitante, mas sem um conteúdo que gere valor, sua empresa não conseguirá ter destaque nas pesquisas.

É por isso que a dica mais importante deste texto tem a ver com a produção de conteúdo relevante, ou seja, um conteúdo capaz de contemplar os interesses do visitante, sendo atual, informativo e bem escrito.

Um erro muito comum nas empresas é replicar o conteúdo de concorrentes, esperando assim reduzir seu trabalho. Isso pode até funcionar, mas leva a companhia a um ranqueamento ruim e a impede de conquistar novos clientes.

Por isso, trabalhe com uma estratégia sólida de Marketing de Conteúdo. Desenvolva artigos e materiais com foco nas suas personas e dirija sua comunicação para cada etapa da jornada de compra.

Após a leitura do artigo, aprendeu como aparecer no Google sem cometer os erros abordados acima? Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário para nós!