Planejamento de Marketing Digital: passo a passo para criar um template completo

planejamento de marketing digital

Muitos empreendedores não compreendem a importância da etapa de planejamento de marketing digital para o sucesso da sua estratégia.

Com tantas informações que ressaltam a importância de executar ações na internet, não é incomum vermos empresas que esperam obter bons resultados realizando ações sem qualquer planejamento.

Veja alguns dados que ressaltam o potencial do marketing digital:

  • Segundo dados levantados pela Ironpaper, 93% das decisões de compra são influenciadas pelas mídias sociais;
  • Segundo a Socialmedia, profissionais de marketing que priorizaram trabalhar com blog têm 13x mais chances de obter ROI (retorno sobre investimento) positivo;
  • O marketing digital continua em alta em 2018 e a expectativa é de que os investimentos de marketing aumentem 8.9% (CMO Survey);
  • A pesquisa Content Trends 2017 identificou que 98,2% dos entrevistados consomem conteúdo online e 84,7% deles apontam a busca orgânica do Google como o principal canal para encontrar conteúdos e informações.

Todos esses dados são muito animadores para as empresas que desejam atrair novos clientes e construir autoridade através de ações digitais, não é? Porém, isso não significa que não é necessário investir em um bom planejamento de marketing digital.

O planejamento é o primeiro passo para alcançar bons resultados e um bom plano precisa ser estruturado de acordo com parâmetros atuais, calendários editoriais e, sobretudo, métricas. O domínio sobre essas atividades garante que os resultados realmente apareçam.

Neste artigo abordaremos, de forma prática, como você pode estruturar um planejamento de marketing sem que seja necessário recorrer a e-books ou outros materiais. Confira!

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Como estruturar um planejamento de marketing digital?

“O planejamento conduz, informa e determina o rumo a seguir.” – Philip Kotler.

A criação de um planejamento de marketing digital não é uma tarefa muito complicada, mas requer a sua atenção em diversos aspectos determinantes para o sucesso das ações de marketing da sua empresa. Acompanhe um passo a passo para encarar esse desafio da melhor maneira.

1. Trace a situação atual

“Quando você avalia o desempenho profissional, procure as causas. Reconheça e recompense aqueles que dão resultados. Ache as causas do por que o desempenho é bom e por que o desempenho não é bom.” – Ram Charan, escritor, professor de Harvard e consultor de negócios.

Vamos começar a estruturar o seu planejamento de marketing digital através de uma análise sobre a situação atual – com as informações que você já possui disponíveis dentro da sua empresa. Veja quais são os principais pontos que merecem a sua atenção nesse momento:

Análise SWOT

planejamento de marketing digital

O marketing de uma empresa precisa ser coerente com os produtos ou serviços vendidos e as principais características da organização. Para colocar isso em prática, é possível fazer uma análise sobre os principais pontos fortes e fracos da organização.

Essa é a função da análise SWOT, que analisa os seguintes aspectos:

  • Strengths (Forças): vantagens internas da empresa em relação aos concorrentes – como um produto de qualidade superior ou um atendimento personalizado.
  • Weaknesses (Fraquezas): desvantagens da empresa em relação aos concorrentes – como uma má localização ou uma marca ainda desconhecida no mercado.
  • Opportunities (Oportunidades): aspectos externos que podem gerar uma vantagem para a empresa – como a mudança nos hábitos do consumidor.
  • Threats (Ameaças): aspectos externos que podem gerar uma desvantagem para a empresa – como a dificuldade em encontrar bons talentos ou a escassez de bons fornecedores.

Desenhe as suas Buyer Personas

planejamento de marketing digital

Quem costuma comprar de você? Qual o perfil do seu cliente ideal? As respostas para essas perguntas devem estar muito claras antes mesmo que sejam traçadas as estratégias de marketing – afinal, todas as ações executadas devem ser pensadas para dialogar especificamente com o seu cliente.

Uma ótima forma de colocar isso em prática é através do desenho das suas buyers personas – que são uma representação fictícia dos seus clientes ideais. No momento de criar essas personas você deve considerar as principais características do seu cliente: dados demográficos, profissão, renda média, hábitos de consumo, gostos, necessidades, objeções, principais canais de acesso à informações, entre outros dados.

Saiba Mais: Como criar buyer personas: um guia prático para a sua estratégia.

Entenda o seu ciclo de vendas

Como a sua persona chega até você? Quanto tempo um novo usuário leva desde o primeiro contato com a sua empresa até fechar uma compra? Possuir conhecimento sobre o ciclo de venda do seu cliente contribui positivamente no momento de elaborar um planejamento de marketing digital.

Procure compreender melhor como o consumidor se comporta em relação à sua empresa, qual é o seu ticket médio, o tempo médio para a compra e as objeções comuns que podem levá-lo a desistir da compra. Todas essas informações serão exploradas na execução das ações de marketing.

Quem são os seus concorrentes?

Você sabe quem são os concorrentes da sua empresa? Muitas empresas fazem uma análise equivocada sobre quem são as outras organizações que realmente estão lutando pelo mesmo cliente. Para acertar nessa avaliação, lembre-se que nem todas as empresas do seu ramo de atuação são concorrentes e que nem todas as suas concorrentes atuam no mesmo segmento da sua empresa.

Inscreva-se em listas de e-mail e siga as redes sociais

Para criar uma visão ainda melhor sobre a situação atual do marketing da sua empresa, inscreva-se em listas de e-mail da sua empresa e de suas concorrentes. Essa comparação irá ajudá-lo a enxergar como a sua empresa está posicionada no mercado.

Essa mesma ação pode ser aplicada para as redes sociais. Procure acompanhar as publicações realizadas nas redes sociais pelas outras empresas que se relacionam com um público semelhante – procurando identificar quais ações produzem resultados e quais não geram impacto.

Analise o conteúdo que estão produzindo

É a publicação de conteúdos relevantes que movimenta uma estratégia de marketing digital. Portanto, é fundamental avaliar a qualidade dos conteúdos que a sua empresa está produzindo até o momento e compará-los com as ações de concorrentes.

2. Defina a sua brand voice

planejamento de marketing digital

“Escreva algo que vale a pena ler ou faça algo que valha a pena ser escrito.” – Benjamin Franklin.

Após toda essa análise sobre a situação atual da sua empresa, podemos prosseguir com o planejamento de marketing digital com a definição da sua brand voice. Esse termo refere-se à forma como uma marca transmite sua personalidade para o público externo nas suas ações digitais – escolhendo adequadamente o tom de voz, o estilo das artes, assuntos abordados, entre outras variáveis.

Para definir a brand voice da sua empresa é necessário responder duas perguntas:

  1. Qual o perfil da sua empresa? A primeira reflexão a ser feita é sobre o perfil da sua empresa. As diferenças entre uma empresa com perfil jovem e outra empresa que deseja transmitir seriedade devem ser refletidas na brand voice.
  2. Como a sua empresa se comunica com os clientes? Como você busca se comunicar com os clientes? De acordo com o perfil da empresa é possível optar por vídeos educativos ou pelo uso de memes e gifs para engajar o público.

3. Defina os seus objetivos atuais

“Marketing não é sobre sua agência ganhar prêmios. É sobre sua empresa ganhar negócios” – David Meerman Scott.

Os objetivos são a parte mais importante do seu planejamento de marketing digital. Se você concluiu a avaliação sobre a sua empresa, deve ter sido capaz de identificar suas fraquezas e áreas de oportunidades. Definir metas quantitativas e qualitativas em torno desses resultados será essencial. É isso que vai ajudá-lo a definir um caminho claro, entender seu ROI de marketing e redirecionar suas táticas à medida que você avança ao longo do ano.

É importante que os objetivos traçados sejam mensuráveis e alcançáveis – mas não fáceis demais. Você precisa ter certeza de que está alcançando crescimento, mas não atirando nas estrelas e acabando desanimado e sobrecarregado. Veja algumas dicas gerais a serem consideradas ao desenvolver metas e objetivos de marketing:

  • Avalie sua posição atual no mercado e defina metas realistas;
  • Entenda seu crescimento no acumulado do ano e defina objetivos atingíveis, mas desafiadores;
  • Alie os objetivos à missão e à visão geral da empresa;
  • Não defina mais que 2 objetivos principais e 3 a 5 objetivos de apoio para não sobrecarregar a equipe;
  • Aceite que, às vezes, você falhará e não atingirá todos os seus objetivos. Saiba lidar bem com essa situação e aprenda com seus fracassos;
  • Crie metas para tornar o objetivo mais fácil de ser digerido;
  • Busque compreender como a sua empresa alcança o lucro e como o orçamento está dividido entre os setores para otimizar o uso dos recursos destinados ao marketing.

4. Defina as estratégias certeiras

Um bom planejamento de marketing digital consegue definir as estratégias certeiras para alcançar os objetivos propostos. Em meio a tantas ferramentas e estratégias que podem ser exploradas no mundo digital, é preciso conhecê-las para saber como utilizá-las de forma adequada:

  • Inbound Marketing. O Inbound Marketing é uma estratégia de marketing com foco na construção de relacionamentos com o público, indicado para quem deseja crescimento sustentável em longo prazo.
  • Mídia Paga. As ações com mídias pagas, como Google Ads e Facebook Ads, permitem que você direcione o tráfego e podem dar um fôlego ao site, mas requerem investimentos constantes.
  • Marketing de Conteúdo. Trata-se de uma parte fundamental de uma estratégia de Inbound Marketing e consiste na produção de conteúdos relevantes para o público, gerando valor para o cliente.
  • Redes Sociais. As ações nas redes sociais contribuem para gerar presença digital e ampliar a visibilidade sobre a sua marca. Porém, é preciso tomar cuidado com métricas de vaidade – que são métricas que parecem positivas, mas não geram resultados reais (e nem geram vendas).
  • E-mail Marketing. Ao contrário do que muitos pensam, uma estratégia de e-mail marketing não está limitada ao envio de ofertas. Construindo uma boa estratégia em torno de fluxos de automação, é possível melhorar a percepção em relação à sua marca e criar oportunidades de vendas.
  • SEO. As técnicas de SEO estão presentes em grande parte das ações de marketing digital, desenvolvidas por uma empresa e possuem o objetivo de aumentar as chances de que o seu público encontre a sua empresa.

planejamento de marketing digital

5. Estabeleça métricas KPIs

“Não mensure o que você pode. Mensure o que você deve mensurar.” Philip Sheldrake.

O planejamento de marketing digital também deve incluir formas de quantificar e mensurar os resultados alcançados, certo? Caso contrário, torna-se muito difícil avaliar os resultados alcançados – criando uma grande dúvida em relação ao retorno obtido sobre o investimento.

Para medir adequadamente os resultados obtidos, estabeleça algumas métricas de marketing para acompanhar a evolução das ações:

  • Visitantes únicos: indica o número de visitantes que passaram pelo seu site no período analisado – considerando apenas uma visita de cada usuário;
  • Taxa de Rejeição: indica o número de usuários que realizam apenas uma visita e não realizaram outras interações – como cliques em outras páginas;
  • Retorno Sobre Investimento (ROI): faz a relação entre os gastos totais com o marketing e o retorno financeiro obtido no período;
  • Custo de Aquisição de Clientes (CAC): indica o custo que a sua empresa tem para cada cliente adquirido;
  • Taxa de Retenção e Churn Rate: avalia a capacidade que a sua empresa possui de reter clientes e analisa quantos clientes deixaram de consumir da sua empresa.

6. Estruture o seu time de marketing

planejamento de marketing digital

Por melhor que seja o seu planejamento de marketing digital, é preciso que você tenha um time de marketing bem estruturado para colocar todas as ações em prática, certo?

Veja quais são os principais profissionais que não podem ficar de fora da sua equipe:

  • Analista de Marketing, que fica responsável por analisar as estratégias e os resultados alcançados pelo marketing da empresa;
  • Designer, que cuida do aspecto visual de todas as ações previstas no planejamento de marketing digital;
  • Diretor de Conteúdo, que é o profissional responsável por planejar e coordenar a produção de conteúdos;
  • Redatores, que são aqueles profissionais que fazem a produção dos conteúdos publicados pela empresa, geralmente contratados como freelancers;
  • Social Media, que cuida das redes sociais da empresa – fazendo a publicação de conteúdos e interagindo com o público.

7. Ferramentas de Marketing Digital indispensáveis para um plano de sucesso

Um planejamento de marketing digital pode gerar resultados ainda melhores quando as ações são desenvolvidas com o auxílio das ferramentas de marketing digital disponíveis na internet. Afinal, você deve utilizar o que existe de melhor para alcançar os melhores resultados, não é?

Confira algumas das ferramentas indispensáveis para um planejamento de marketing digital:

  • Semrush: uma poderosa ferramenta de análise de SEO que faz pesquisa de palavras-chave, domínio e concorrentes;
  • RD Station: uma plataforma completa que reúne diversas funcionalidades para gerar oportunidades de vendas com o marketing digital;
  • Google Analytics: é uma plataforma gratuita criada pelo Google que permite a análise dos resultados obtidos pela empresa na internet;
  • Shutterstock: trata-se de um grande banco de imagens que facilita a criação de artes visuais para a sua empresa;
  • Instamizer: uma ferramenta de gerenciamento de perfis do Instagram que facilita a publicação de conteúdos e a interação com o público.

Está preparado para criar o seu planejamento de marketing digital?

Elaborar um planejamento de marketing digital requer uma boa análise sobre diversos aspectos da sua empresa, mas certamente é um esforço que compensa por conta dos resultados alcançados. Afinal, você busca pelo melhor desempenho junto ao público no mundo digital, não é mesmo?

Você gostou das informações sobre o planejamento de marketing digital? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe o seu comentário!